Deep below,
Each word gets lost in the echo
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Sneek Peek | 1

"(...)- Queiram acompanhar-me por favor. – Disse muito sério, estendendo o braço na direcção de um corredor fora dos limites a visitantes.

Eles entreolharam-se com suspeita e riram nervosos.

- Estamos metidos em trabalhos? – Perguntou Geoffrey, avançando até ao mordomo.

O senhor sorriu e abanou a cabeça, negando tal absurdo.

- Claro que não jovem. A menina Sílvia pediu que vos levasse até aos vossos trajes.

Will arqueou o sobrolho.

- Ah sim? – Perguntou intrigado e em tom de desafio. – Da última vez que verifiquei não me encontrava despido. – Protestou. Tom socou-o no estômago com um sorriso trocista, fazendo-o grunhir de dor.

- Não sejas deselegante. – Sibilou por entre dentes. – Façamos o que nos pedem. Não pode ser assim tão mau certo?

Will encolheu os ombros, sentindo-se derrotado e os outros dois embora reticentes não se opuseram. O mordomo avançou lentamente com os quatro no seu encalço até à salinha ao fundo do corredor, explicando como era importante para a família Laureano que os seus convidados entrassem no espirito da festa, vestindo-se a rigor. Na sala havia um espelho enorme e quatro fatos pendurados perto da janela. Eles entraram em silêncio e petrificados olharam para os trajes tão… arrojados. E elásticos. Tão justos.

- Deixo-vos à vontade para se trocarem. – Disse o mordomo com um sorriso divertido. – Continuação de uma boa noite. Aproveitem a festa. – E retirou-se.

Os rapazes entreolharam-se em estado de choque. Tom recuou até ao sofá atrás de si e sentou-se nas costas, com os pés sobre as almofadas abanando a cabeça. Aquilo era ridículo.

- De jeito nenhum, eu visto essa porcaria. – Resmungou.

Will gargalhou divertido. Ele próprio não gostara da ideia. O seu guarda-roupa era maioritariamente repleto de peças justas que lhe realçavam as linhas magras do corpo; mas aqueles fatos eram estranhos e demasiado justos até para si. Para Tom era desesperante, quando tudo o que ele vestia era claramente acima do seu número.

- Não sejas deselegante, Tom. – Disse jocosamente, por entre uma outra gargalhada. Tom franziu o cenho. Não tinha piada. – Tom, só por ser para ti, escolhemos o mais justinho. – Atirou-lhe um dos fatos.

Geoffrey e Garey riam-se a bandeiras despregadas. Ambos haviam escolhido os fatos que pretendiam vestir, embora não fizessem a cara deles e Will agarrava agora no seu e preparava-se para o vestir, ignorando a birra estratégica do guitarrista.

- Oh não, nem penses. – Disse em protesto. – Recuso-me a sair desta sala com esta porcaria vestida.

- Como queiras mano.

Ao fim de quase meia hora a fazer alguma ginástica para vestir os trajes carnavalescos, os três sentiam-se corajosos o suficiente para deixarem a sala e divertirem-se noite dentro. Tom, por seu turno, abanava a cabeça em descrédito e por fim sem se conseguir equilibrar e conseguir segurar a vontade de rir, caiu do sofá com uma gargalhada sonora.

- Desculpem; mas não resisti. Vocês estão ridículos.

- Não te dou uma hora para estares com o teu a jeito, ó imbecil. – Disse Will divertido. – E lá fora. Até já. – Acenou-lhe e deixou a sala com Geoffrey e Garey atrás de si.

- Espera sentado. – Gritou, endireitando-se no chão.(...)"

 

Este sneek peek é maior do que provavelmente serão os próximos; mas é para compensar-vos pela minha ausência.

Sei que algumas pessoas vão encontrar semelhanças no texto, quem leu a TLU sabe do que falo; mas para torná-la em algo muito próximo de um original tive de fazer muitas alterações, GRANDES alterações. Irão perceber grandes mundanças nos próximos sneek peeks.

publicado por a.nee às 20:32
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De summer wright a 4 de Agosto de 2014 às 21:51
sneek peek! que bom, deixou-me curiosa (:


De • Smartie a 4 de Agosto de 2014 às 23:59
Gostei e fiquei curiosa ^^.


De Vitor a 5 de Agosto de 2014 às 00:08
Loved. It. I want more. AS A PAPERBACK THAT I WOULD TOTALLY PAY FOR :'D


De a.nee a 5 de Agosto de 2014 às 19:08
Aw *.* Obrigado. Srsly fizeste-me sorrir. :)


Comentar post

The Only Exception


Nathan Vanderbilt tinha uma vida normal - até ao dia em que conheceu o seu pior pesadelo: Louise McKenzie. Sério, frio, calculista, prepotente e irrepreensivelmente inteligente e popular no colégio; enquanto Louise não passa de uma rapariga normal com notas medíocres; sonhadora, sensível, intensa e verdadeira espera reunir as condições necessárias para se aproximar do coração enregelado do filho mais velho dos Vanderbilt a quem nunca nenhuma namorada se lhe conheceu. Numa luta interior constante, Nathan irá perceber que não tem como fugir á realidade, à novidade e aquilo que sente pela filha do melhor amigo do pai.

SOBRE A HISTÓRIA.


Profile

Ana. 29 anos. Licenciada em Engenharia Informática. Seguros. Música. Ler. Escrever. 30 Seconds To Mars. Aaron Yan. Muse. Linkin Park. Green Day. Three Days Grace. Snow Patrol. Kings Of Leon. Paramore. Game Of Thrones. Switched At Birth. Suits. Once Upon a Time. Teen Wolf. Heart Of Dixie. Covert Affairs. Arrow. The Flash. Bones. Hawaii Five-O. Nashville. The Fosters. KDrama.


Linkage

The Only Exception Palavras Soltas Filmes Séries KDrama


Credits

Layout Lettha
Icon TFN
Colors Colorpicker
ADAPTAÇÃO POR: anaap.



SEGUIR PERFIL